A Capital do Mergulho Ecológico.
Costa Verde & Mar de Santa Catarina.

PONTE EM PORTO BELO CEDE E COMPROMETE ACESSO PARA BOMBINHAS

O acesso de caminhões, ônibus e veículos acima de 10 toneladas está proibido. Os passageiros de ônibus de linha estão sendo levados em veículos menores da nova Rodoviária de Porto Belo para a antiga e, de lá seguem para Bombinhas.

Na noite de sexta-feira, dia 27, a Ponte sobre o Rio da Vina, em Porto Belo, sofreu abalos em sua estrutura, que é muito antiga e que não passa por manutenção desde sua construção. Imediatamente, a Prefeita Ana Paula da Silva e o Vice-Prefeito Paulinho se reuniram com os administradores municipais de Porto Belo, o Prefeito Emerson Stein e o Vice-Prefeito Elias Cabral, para saber da gravidade da situação e as medidas emergenciais que deveriam ser tomadas.

A Prefeitura de Porto Belo através de decreto proibiu o trânsito de veículos acima de 10 toneladas no local, já que havia riscos, de acordo com o laudo dos Bombeiros e dos engenheiros do município, de agravar ainda mais os problemas estruturais podendo ocasionar consequências maiores e danos à segurança dos motoristas.

A Prefeita Paulinha fez contato com o Governador Raimundo Colombo ainda na sexta-feira, que enviou o Secretário Estadual de Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, para avaliação técnica e garantiu que os recursos para a obra de reconstrução da ponte estão assegurados.

De acordo com o Secretário de Captação de Recursos de Bombinhas, Rubens Spernau, que é engenheiro e acompanhou os trabalhos, será feito um escoramento da estrutura da ponte, para que o trânsito seja garantido pelo menos até o mês de abril. “Com o término da temporada e a diminuição de tráfego no local, o serviço de reconstrução da ponte poderá ser efetuado sem maiores transtornos aos moradores das duas cidades”, afirmou o Secretário de Planejamento de Porto Belo, Paulo Roberto Rech.

Na manhã deste sábado, dia 28, os prefeitos e vice-prefeitos reuniram-se novamente com a presença de técnicos, vereadores dos dois municípios e o Coordenador Regional da Defesa Civil, Eliezer Cardoso para nova avaliação. A partir de agora, as equipes irão se concentrar na aquisição de material para a obra paliativa.

Segundo acesso

Os problemas na ponte de Porto Belo reacenderam a questão do segundo acesso a Bombinhas e os prefeitos dos dois municípios decidiram ir à Itajaí ainda esta semana, para uma reunião com a Justiça Federal, e pleitear que decisão sobre a liberação do processo seja acelerada.

“Nossa parceria com o Governo Estadual é fundamental para nossa administração. E essa união entre os municípios de Bombinhas e Porto Belo é essencial e nos torna mais fortes. Os últimos acontecimentos têm mostrado que nossa causa é justa e urgente. Não podemos ficar reféns de um único acesso a nossa cidade”, explicou a Prefeita Paulinha.

A preocupação também é grande pelo abastecimento de Bombinhas. Os comerciantes devem receber suas cargas através de veículos de menor porte, até o limite de 10 toneladas. “O trânsito está mais lento, porém está seguro para veículos pequenos. Não podemos sobrecarregar a ponte e a compreensão dos comerciantes é fundamental”, disse o Vice-Prefeito Paulinho.

Os veículos com mais de 10 toneladas estão sendo parados e orientados pela Guarda Municipal, na Avenida Governador Celso Ramos, esquina da Rua João Vanderlino Guerreiro, no bairro Perequê, próximo ao estacionamento de ônibus de turismo.

Data de publicação: 28/01/2017 - às 18:58

Desenvolvido por